Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Governo encaminha ajustes finais para cronograma de convocações na Segurança Pública e na Administração Penitenciária

Publicação:

Secretário Marco Aurelio, governador e vice-governador discutir últimos detalhes da proposta nesta manhã (30/9)
Secretário Marco Aurelio, governador e vice-governador discutir últimos detalhes da proposta nesta manhã (30/9) - Foto: Rodger Timm/Palácio Piratini
Por Carlos Ismael Moreira / SSP

Após a entrega de viaturas e armamentos para a Brigada Militar na manhã desta segunda-feira (30), no Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite, o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, e o secretário da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, se reuniram para tratar dos últimos ajustes em relação ao cronograma para futuras convocações de aprovados em concursos das áreas de Segurança Pública e Administração Penitenciária.

Com base em estudos realizados por todas as instituições vinculadas às duas pastas, o vice-governador apresentou uma proposta do cronograma de chamamentos, que agora está sob análise da Secretaria da Fazenda e da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão no âmbito do Grupo de Assessoramento Especial (GAE), que é vinculado ao gabinete do governador e cuida da política de pessoal, para avaliação técnica e aprovação do calendário.

Tão logo esse processo esteja concluído, o cronograma e todas as informações sobre os procedimentos a serem adotados pelos concursados em cada etapa do planejamento serão amplamente divulgados em todos os canais de informação do governo do Estado.

Pela manhã, na solenidade de entrega de 24 viaturas e 155 armamentos entre fuzis 5,56, espingardas calibre 12 e kits spark, investimento de cerca de R$ 5 milhões com recursos oriundos de diferentes fontes, o governador destacou que o chamamento de novos aprovados visa uma reposição qualificada dos efetivos das instituições. “A prática anterior era aguardar um amplo déficit e, então, fazer nomeações em massa, sem o devido planejamento. O que buscamos é estabelecer uma reposição programada para todas as instituições”, explicou Leite, destacando como fundamental a responsabilidade para, ao mesmo tempo, atender as necessidades das corporações e não comprometer ainda mais as finanças do Estado.

“Temos recebido quase que diariamente comissões de aprovados para explicar o trabalho que estamos fazendo pela conclusão desse processo. Tínhamos uma expectativa de apresentar o cronograma até o final de setembro, que finda no dia de hoje, mas não podemos pular etapas em razão da responsabilidade exigida pelas situações fiscal e previdenciária difíceis do Estado. Acreditamos que nos próximos dias poderemos publicizar esse cronograma, dentro do princípio da transparência, com previsões de chamamentos até o final do governo”, detalhou o vice-governador Ranolfo.

Gabinete do Vice-Governador