Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

No Palácio Piratini, vice-governador recebe embaixador da Alemanha no Brasil

Publicação:

Ranolfo e diplomata Heiko Thoms falaram sobre estreitamento das relações entre Alemanha e RS
Ranolfo e diplomata Heiko Thoms falaram sobre estreitamento das relações entre Alemanha e RS - Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior recebeu, na tarde desta segunda-feira (22/11), no Palácio Piratini, o embaixador da Alemanha no Brasil, Heiko Thoms. No cargo desde julho de 2020, o diplomata visita Rio Grande do Sul pela primeira vez e, por isso, foi recebido com honras militares na sede do Executivo gaúcho.

Acompanhado do secretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum, o vice-governador apresentou para a comitiva alemã um vídeo sobre as potencialidades do Rio Grande do Sul. Ranolfo também destacou o interesse em aproximar ainda mais o Estado do país Europeu, que tem filiais de empresas no RS.

“A Fraport, com a concessão para a administração do aeroporto de Porto Alegre, é um importante exemplo de parceria e de investimento alemão aqui. Temos trabalhado em uma agenda de reformas e privatizações que estão fazendo do Rio Grande do Sul um Estado mais competitivo e fértil para investimentos. Foi por meio dessas ações que pudemos recentemente lançar o programa Avançar, que já anunciou quase R$ 4 bilhões em investimentos em diferentes áreas”, disse Ranolfo.

O embaixador ressaltou o interesse no estreitamento da conexão da Alemanha com o Rio Grande do Sul que, lembrou, tem expressiva identificação com a cultura alemã. O Estado foi o principal destino da imigração alemã para o Brasil nos séculos 19 e 20. “Buscamos por cooperação econômica e cultural. Inclusive através de programas de intercâmbio de mão de obra para áreas como a saúde e tecnologia, pela proximidade com o idioma alemão que se encontra em muitas regiões do Rio Grande do Sul. Também estamos à disposição para facilitar a aproximação com outras empresas alemãs”, afirmou o diplomata.

Ranolfo e Thoms falaram ainda sobre cooperação em questões ambientais e energia renovável. O vice-governador destacou o potencial de geração de energia eólica e solar no Estado. O Rio Grande do Sul é o quinto Estado com maior potência eólica instalada.

Ao fim do encontro, o embaixador e o vice-governador trocaram presentes. O diplomata alemão levou como lembrança um livro sobre a cultura do Rio Grande do Sul. A comitiva alemã fica no Estado até a terça-feira (23/11), quando irá a São Leopoldo. Na cidade, berço da imigração alemã no Brasil, o embaixador vai conhecer o Museu do Imigrante e a fábrica da Stihl, empresa alemã de ferramentas motorizadas.

Texto: Thamíris Mondin
Edição: Marcelo Flach/Secom

Gabinete do Vice-Governador