Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Penitenciária de Bento Gonçalves começa a funcionar no fim de julho, diz Leite em vistoria

Publicação:

Governador verifica instalações de obra que integra a força-tarefa do governo do Estado para melhorar o sistema prisional
Governador verifica instalações de obra que integra a força-tarefa do governo do Estado para melhorar o sistema prisional - Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini
Por Texto: Vanessa Kannenberg Edição: Marcelo Flach/Secom

Durante compromissos na Serra, o governador Eduardo Leite conheceu a nova Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves. Construída em área permutada de 5,6 mil metros quadrados no bairro Barracão, a estrutura com capacidade de 420 vagas em regime fechado está concluída.

“A nossa expectativa é de, até o fim de julho, inaugurarmos o presídio e iniciarmos a ocupação”, anunciou Leite, que fez a visita ao lado do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e dos secretários da Administração Penitenciária, Cesar Faccioli, e de Obras e Habitação, José Stédile.

Com investimento de R$ 30,9 milhões pagos via permuta do prédio da Superintendência do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) de Bento Gonçalves, a obra integra a força-tarefa do governo do Estado para melhorar o sistema prisional.

“Essa obra representa uma qualificação do sistema prisional. Não só pela tecnologia empregada, que garante uma maior segurança, mas também porque o presídio vai sair do centro onde hoje funciona e vem para um bairro mais afastado, o que resolve o problema de uma cidade turística, e também pelo aumento no número de vagas que irá proporcionar”, afirmou o governador.

Com o sistema de abertura e fechamento automático das portas, a nova estrutura permitirá que os agentes penitenciários possam monitorar a rotina das galerias através de uma plataforma que percorre o corredor das celas, evitando o contato direto com os apenados. O complexo também conta com ambulatório, cozinha, área de isolamento, módulo para revista, refeitório, casa de bombas, oficina de trabalho, sala psicossocial, lavanderia e área administrativa.

No fim da vistoria houve a entrega uma camionete e fuzis para a Susepe
No fim da vistoria houve a entrega uma camionete e fuzis para a Susepe - Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

A estrutura, erguida com o uso de monoblocos de concreto reforçado de alto desempenho, adota a mesma técnica utilizada na construção do Complexo Prisional de Canoas e da Penitenciária Estadual de Porto Alegre. Com isso, a nova unidade garantirá segurança aos servidores que desenvolvem suas funções diárias e oportunizará aos apenados a busca da qualificação profissional para sair do sistema prisional.

Entregas

Ainda durante a visita, o governador fez a entrega oficial de uma viatura – uma camionete Chevrolet Spin adquirido com recursos do Fundo Penitenciário (Funpen) – e de dois fuzis, doação da empresa Taurus, para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). O destino dos equipamentos será a nova penitenciária.

Gabinete do Vice-Governador