Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Polícia Civil inaugura a Divisão Estadual de Combate à Corrupção e a Delegacia de Polícia de Controle Técnico e de Fiscalização

Publicação:

Inauguração de dois novos órgãos policiais no Deic
Inauguração de dois novos órgãos policiais no Deic - Foto: Polícia Civil / Divulgação
Por Michel Fontana | Edição: ASCOM SSP

Nesta quarta-feira (28), a Polícia Civil realizou a solenidade de inauguração da Divisão Estadual de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (DCCOR) e da Delegacia de Polícia de Controle Técnico e de Fiscalização (DPCTF), ambas ligadas ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).
 A DCCOR será composta por duas Delegacias de Polícia de Combate à Corrupção (DECOR) e uma Delegacia de Repressão ao Crime de Lavagem de Dinheiro (DRLD). A criação da Divisão é uma Iniciativa pioneira no Brasil e o projeto conta com o apoio do Ministério da Justiça.

“A DCCOR é uma aspiração antiga da Polícia Civil que conseguimos efetivar. Também vem ao encontro das diretrizes estipuladas pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. Não tenho dúvida de que o combate a corrupção é o que a sociedade brasileira quer. Além disso, é pelo combate à lavagem de dinheiro que se consegue efetivamente desarticular organizações criminosas, pela descapitalização econômica”, explicou Ranolfo.

Entre janeiro de 2018 e julho de 2019, foram registradas 975 ocorrências no estado, de 11 tipos de delitos relacionados à corrupção, entre os quais, corrupção ativa e passiva, peculato, concussão, entre outros.

A DPCTF dará amparo à Delegacia de Repressão aos Crimes de Roubo de Veículos (DRV), que terá como escopo a investigação de todos os delitos que ocorrem na Capital. Assim, unificando as investigações e implementando maior qualificação na apuração dos referidos crimes.

A criação da DPCTF dará agilidade para a liberação de veículos localizados pela Polícia Cívil e dialoga com o 3º eixo do RS Seguro, que é a qualificação ao atendimento ao cidadão.

“É um trabalho integrado, como tem que ser, entre o Instituto-Geral de Perícias (IGP), fazendo as perícias necessárias, e a Polícia Cívil, agilizando a liberação desses veículos, para satisfazer a demanda da sociedade”, completou o vice-governador.

Segundo a Chefe de Polícia, Delegada Nadine Anflor, através da DCCOR serão desenvolvidas grandes investigações, criando melhores condições de controle, repressão e também de prevenção. "Além de buscar identificar a autoria e materialidade desses delitos, nosso objetivo também é servir de alerta a todos que desvios de dinheiro e qualquer forma de corrupção será investigada e consequentemente punida", salientou Nadine.
 Também participaram da cerimônia o Diretor do Deic, delegado Sander Ribas Cajal; o diretor da DCCOR, delegado Marcos Vinicius Viafore; o Cônsul da Itália, Senhor Roberto Bertot; além de outras autoridades.

Gabinete do Vice-Governador