Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Estado lança obras de UTI pediátrica em hospital de Venâncio Aires

Única instituição hospitalar da cidade, São Sebastião Mártir receberá 10 leitos de unidade de terapia intensiva

Publicação:

A previsão é que os  serviço comece a funcionar em dezembro deste ano
A previsão é que os serviço comece a funcionar em dezembro deste ano - Foto: Rodrigo Ziebell/GVG

O governo do Estado, por meio do programa Avançar na Saúde, lançou, nesta quinta-feira (20/1), as obras da UTI pediátrica do hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires. Única instituição hospitalar do município, atende a população das cidades Passo do Sobrado, Vale Verde e Mato Leitão, abrangendo 90 mil habitantes.

Para marcar o início da obra, o governador Eduardo Leite, o vice-governador Ranolfo Vieira Júnior e a secretária adjunta da Saúde, Ana Costa, participaram de solenidade na cidade, seguida de visita ao local que receberá a UTI pediátrica. Os 10 leitos destinados às crianças foram viabilizados na primeira fase do Avançar na Saúde, com investimento de R$ 1.666.425,97. Além dos leitos, o programa também destinará R$ 1.816.984,55 para aquisição de equipamentos para a UTI.

“Agora que o Estado tem capacidade de fazer investimentos, graças às reformas que fizemos e aos processos de privatizações que foram empreendidos, com apoio da Assembleia Legislativa, estamos, junto às regiões, buscando fazer investimentos de forma estratégica para suprir necessidades de cada região em leitos de UTI pediátrica e neonatal”, afirmou Leite.

O lançamento das obras da UTI pediátrica em Venâncio Aires contaram com a presença de um convidado ilustre: o pequeno Arthur, hoje com um ano e seis meses que, em agosto do ano passado, começou a sentir dificuldades para respirar. Ficou internado em observação no São Sebastião Mártir, mas o quadro acabou piorando, exigindo que fosse transferido para uma UTI pediátrica.

Como não havia UTI no hospital capaz de receber crianças, apenas adultos, começou a busca de uma vaga na região. “Chegamos a ligar para o prefeito (Jarbas da Rosa), mas não havia vaga disponível. Até que finalmente surgiu uma em Santa Cruz e ele foi internado com um quadro de pneumonia viral e laringite”, contou a mãe de Arthur, Camila Batista Reichenbach.

Na UTI, Arthur sofreu uma parada cardíaca, precisando ser reanimado. Só depois de 14 dias voltou para casa. “A gente viu o quanto é importante correr contra o tempo. Se não tivesse surgido essa vaga, não sei o que teria acontecido”, contou Camila, ao lado do marido, Evandro Felix Müller.

O caso ressaltou a necessidade de uma UTI pediátrica no município e fez com que a família fosse convidada de honra no evento.

“Conversei com o pai do pequeno Arthur. São histórias como essa que materializam a importância dessa UTI pediátrica que vamos viabilizar aqui em Venâncio Aires. São R$ 3,4 milhões que vão garantir as obras e os equipamentos, e isso vai dar conforto às famílias, reduzindo a necessidade de deslocamento para outras regiões, e certamente vai salvar muitas vidas”, reforçou o governador.

Com as obras, previstas para durar dez meses, a UTI pediátrica deve entrar em funcionamento até dezembro, informa o presidente do hospital, Juliano Angnes. “Essa região carece de leitos pediátricos”, disse a secretária adjunta da Saúde, Ana Costa, no lançamento da obra. “Felizmente, estamos inaugurando os dez primeiros”, celebrou. Ana Costa também lembrou que o reforço ao atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) foi uma determinação do governador Eduardo Leite.

Texto: Suzy Scarton e Alexandre Rodrigues/Ascom SES
Edição: Marcelo Flach/Secom

Gabinete do Vice-Governador