Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Governo recebe de prefeitos da Fronteira Oeste carta de apoio ao programa Assistir

Publicação:

Governo agradeceu apoio de prefeitos e reforçou que objetivo é distribuir incentivos de forma equânime a hospitais
Governo agradeceu apoio de prefeitos e reforçou que objetivo é distribuir incentivos de forma equânime a hospitais - Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Após visitar as obras de ampliação do pronto-socorro do Hospital Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, o governador Eduardo Leite se reuniu, na manhã desta sexta-feira (20/8), na prefeitura, com prefeitos da Associação dos Municípios da Fronteira Oeste (Amfro).

No início do encontro, o presidente da entidade, prefeito de Uruguaiana, Ronnie Mello, entregou uma carta de apoio ao Assistir, programa inovador lançado no início deste mês de agosto que promove uma mudança profunda no conceito de repasse de recursos estaduais às instituições hospitalares vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado.

“A Amfro representa 13 municípios da Fronteira Oeste e uma população de mais de meio milhão de pessoas. Independentemente dos recursos que vierem, nós parabenizamos o governo pela iniciativa, porque defendemos que os critérios de distribuição dos incentivos devem ser justos, como agora estão”, afirmou Ronnie Mello.

Leite agradeceu a manifestação de apoio dos prefeitos e reforçou que o objetivo do programa é passar a distribuir incentivos hospitalares de forma equânime e transparente a todos os hospitais, independentemente do tipo de gestão (estadual ou municipal), de maneira proporcional aos serviços entregues à população, observando a regionalização da saúde e a capacidade cada instituição.

“Havia uma distorção na forma de distribuição, com hospitais recebendo mais do que outros e entregando menos. Com um profundo trabalho de revisão, tornamos os critérios claros e objetivos. Com isso, a Santa Casa de Uruguaiana receberá R$ 1 milhão a mais por ano e, na soma, todos os hospitais da Fronteira Oeste receberão R$ 15 milhões anuais a mais do que hoje ganham. Não é apenas bondade do Estado, é justiça, porque vocês aqui produzem e entregam serviços em quantidade e qualidade, é justo que recebam compativelmente a isso”, afirmou o governador.

Na sequência, Leite ouviu demandas dos municípios da região e, juntamente com o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, do chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum, além de deputados estaduais e federais, debateu iniciativas e respondeu a questionamentos feitos pelos prefeitos.

Obras no hospital

Único hospital de Uruguaiana e referência regional para atendimento de média e alta complexidades em diversas especialidades, a Santa Casa tem 246 leitos, sendo 195 destinados ao SUS.

A partir da nova configuração estabelecida pelo programa Assistir, os incentivos mensais do hospital somarão R$ 623.827,50, com total geral anual de R$ 7.485.930 – aumento de 26,7% no valor recebido.

A Santa Casa é referência para porta de entrada; ambulatório de especialidades prioritárias; ambulatório de especialidades; maternidade; oncologia (exames); leitos de saúde mental e leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e de Unidades de Cuidados Intermediários (UCI).

A estrutura antiga de pronto-socorro já não comportava o atendimento. Por isso, a unidade passa por obras de ampliação, reforma e modernização. O trabalho conta com R$ 1 milhão do governo do Estado, que foi repassado ao hospital por meio de emenda do deputado estadual Eric Lins.

• Clique aqui e acesse a carta de apoio da Amfro ao programa Assistir do governo do Estado.

Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom

Gabinete do Vice-Governador